28/07/2020

O que eu gostaria de ter ouvido antes de entrar na faculdade?


Na realidade, agora enquanto escrevo esse post, eu já tenho uma listinha de coisas que eu queria ouvir, não sei se no decorrer dele ela vai aumentar, e pode aumentar, então eu vou escrevendo as que eu achar mais importantes. Inclusive acho esse tipo de post um pouco "terapêutico" sabe? Onde a gente pode olhar pra trás, ver o que teve de enfrentar, as alegrias que teve - porque teve momentos alegres também - e poder aprender com tudo isso. Eu tenho até uma vantagem, já aprendi bastante coisa com essa pequena listinha e posso melhorar ainda mais porquê claro, o curso ainda não terminou.

O que eu gostaria de ter ouvido antes de entrar na faculdade? Quero que vocês levem a sério esse título e tomem ele no extremo da palavra. É realmente o que eu queria ouvir, não sei se conseguiria me adaptar a tudo isso caso alguém me avisasse, mas creio que entraria já um pouco mais preparado e teria me cuidado mais em alguns aspectos, me programado mais, deixado tudo mais organizado. No caso até que está tudo organizado agora, mas digamos que foi uma organização do tipo "ou se organiza ou vai tudo por água a baixo Adeeh". Então tive que aprender um pouco sem noção mesmo.

Alguns desses avisos que antecedem a faculdade podem servir pra qualquer curso ta bem? Meu objetivo aqui é mais fazer um desabafo e de quebra ainda ajudar as pessoas que estão nesse mundo dos vestibulares à entrarem bem mais preparados e conscientes das coisinhas que vão enfrentar! ♥

Que eu não vou estudar só o que eu gosto! Na verdade até que estou gostando da maioria dos assuntos sabe? Levando em consideração que o curso ainda não acabou e que pode surgir alguma outra cadeira que eu não goste, eu posso dizer que nesse momento apenas uma delas não foi tão atraente assim. No geral eu gostei de todas, principalmente as cadeiras de Neurociências, mas a que eu menos me identifiquei foi dinâmica de grupo. O que eu quero dizer com isso? Adaptações! Quando você iniciar um curso você terá que claro passar por todas as cadeiras para se formar, mesmo não gostando de uma delas, sim, ela é essencial para a sua formação. Se ela está na matriz curricular do curso é porque de alguma forma ela influencia no futuro profissional que você vai se tornar. Mesmo não gostando, estude, é importante, no final do curso pode escolher uma área na qual ela não se faça tão presente assim. Mas é importante!


Que eu vou ter que reaprender a estudar! Na faculdade as coisas se tornam uma mistura de tudo do mundo. Por exemplo no meu curso: existem diversas teorias, ou seja, linhas de pensamentos super diferentes, agora imagina estudar uma linha de pensamento hoje e outra totalmente diferente amanhã? A mente cansa, eu sei. Isso me lembra até a Neuroanatomia, ninguém ensina a como estudar anatomia na escola, e anatomia é uma forma totalmente diferente de aprender de tudo o que a gente conhece sobre estudar. Então sim, eu tive que me adaptar aos pensamentos rápidos, de temas diferentes e de diversas possibilidades de estudos. E eu até agradeço por isso, ampliei minhas formas de aprendizagem.

Que eu vou ter que estudar como gente grande! Essa expressão é até um pouco infantil de se falar não é mesmo? Hehehe. Mas é exatamente isso, eu tive que aprender a "estudar como gente grande". Vou dizer três pontos principais que me fizeram mudar minha forma de estudo: 1- Responsabilidade, pois estou tratando do meu futuro profissional, minha carreira, minha vida. 2- O outro, o cuidado com o outro, a empatia pelo outro e saber que eu estou ali para salvar vidas. 3- O estudo, antigamente eu estudava como ensino médio, e todo mundo é assim, na faculdade a busca pelo saber, por conhecer deve ser intensificada e com bem mais maturidade que antes. Não são notas, é o nosso aprendizado profissional!

Que a responsabilidade é maior! E já que eu falei sobre responsabilidade logo acima, porque não colocar mais ênfase nela? A responsabilidade vai te acompanhar do começo ao fim. Gente, entendam: faculdade é uma academia científica, é de onde saem profissionais para o trabalho e para a ciência. Ciência essa que nos move, que nos ajuda todos os dias. Trabalho esse que nos conduz à dias melhores e nos transformam em melhores pessoas. Cada atividade por mínima que seja, é para o seu crescimento, leve a sério, leve a sua ciência a sério, defenda o seu conhecimento.

Que pessoas e pessoas podem ser estressantes, mesmo em Psicologia! Acho que isso não mudou em nada! Aliás, pra quem pretende fazer Psicologia e acha que todo mundo é good vibes, tire esse pensamento agora. Lidar com pessoas é sempre uma tarefa difícil, nos cursos de Psicologia lógico que vão pegar pesado quando houver uma discussão alguém vai gritar coisas como "é o nosso colega querendo falar, vamos ouvir" ou "gente isso é subjetivo, se a pessoa quer não podemos falar o contrário". Mas até falarem isso, a confusão já está feita. Trabalhos e apresentações, sim, vai ser uma loucura, e eu entrei totalmente pensando que por ser Psicologia ia ser bem melhor. Ai ai viu! Mas até que minha turma é legal, só que sempre tem um ou outro que dá uma surtada sabe? Hehehe.


Que eu ia arrumar tempo pra ler onde não tem tempo! Pensei em mudar o título desse tópico, pois também temos cursos onde a leitura não é tão exigente, mas não mudei justamente porque o meu curso exige isso. Quem estuda Psicologia (eu adoro escrever iniciando com letra maiúscula, respeito, hehe) deve estar preparado e ciente de que a leitura vai fazer parte até do seu CPF. A leitura vai dominar a sua vida em todos os cantos. Isso não foi um problema pra mim, já que eu sempre gostei de ler bastante, mas a coisa ficou fora do normal. Hoje eu leio literalmente em qualquer canto, se tem um canto pra eu encostar e ler, eu estou lendo pra adiantar alguma coisa, hehe! E em relação aos outros cursos a exigência é grande também em algum ponto específico de cada área, seja nos cálculos, desenhos, escrevendo, enfim. Sempre terá algo para tomar conta da sua vida!

Que minha visão ia criar algum tipo de problema! Eu conheço poucos universitários que não usam óculos. Eu tinha uma visão tão lindinha, e que não me dava problema nenhum, maaaaaaaasssss. É da vida não é gente? Mas na realidade acho que isso tudo é por conta dos PDF's sabe? Tem muito artigo pra ler, muita xerox também - universidade né filha - e meio que eu ja passei um dia inteiro na base da leitura, e isso me deixa com uma dor de cabeça enorme e uma vontade de arrancar meus olhos horrível. Isso tudo só passa quando eu paro, vou para o meu quarto, desligo as luzes e durmo. Preciso fazer um óculos para leitura o mais rápido possível e já estou planejando isso. Inclusive um que além de ser para leitura se adapte à luz do sol também, vocês sabiam que quem tem olho claro tem uma irritabilidade maior à luz solar? É a vida!

Que eu poderia propagar a minha ciência nas redes sociais! Isso daí eu descobri em função do blog mesmo. Eu já tinha criado o blog quando decidi colocar meu Instagram - @adeehmello - no formato Studygram. Aliás, vou até fazer um post esses dias comentando sobre o assunto pra quem tem vontade de criar um, vale muito a pena. Quando eu decidi criar meu Instagram de estudos foi a melhor coisa que eu fiz, sério, além de propagar a minha ciência - a Psicologia - pro mundo todo, eu ajudo as pessoas que querem estudar sobre o assunto e ainda me ajudo também, pois ao mesmo tempo que vou construindo os conteúdos, resumos e guias de estudo, eu aprendo muito mais. Essa possibilidade de transbordar informação através da internet é incrível, e virou algo da minha rotina, sempre estou postando alguma coisa por lá.


Que disciplinas humanas quando intensificadas fazem a gente olhar o mundo de outra forma! Todo mundo tem as disciplinas de humanas no ensino médio. Mas vamos combinar, quando isso é intensificado na faculdade e com conceitos e ações que se remetem ao seu curso, a vida fica muito melhor. Eu costumo dizer que eu adoro as modificações que a vida aplica na minha vida, e com essas disciplinas meu mundo se tornou muito melhor. Eu pude ter as cadeiras de sociologia, antropologia e filosofia até agora e sinceramente eu agradeço bastante à visão de mundo que tenho hoje a partir do momento em que elas entraram na minha vida aplicadas à Psicologia. Observar o ser humano como um todo é essencial na minha futura profissão, e essa visão sempre será uma constante atualização. Eu amei!

Que eu iria amadurecer como nunca! Amadurecimento. É com essa palavra que eu finalizo esses tópicos. Uma vez eu fui julgado pelo meu jeito "concreto" de ser. Na realidade as pessoas que me julgaram estavam se referindo à minha forma de levar a minha vida acadêmica sabe. Onde sim, eu foco bastante nisso, estou sempre estudando, busco qualquer espaço na semana pra adiantar algum estudo, deixo de ir à festas afins pra estudar e sou bastante rigoroso quando o assunto é organização em trabalhos e apresentações. O que essas pessoas não sabem, é que em nenhum momento eu pedi pra acompanhar o meu ritmo, eu sou assim por mim apenas, eu sou rigoroso com isso apenas por mim. Eu tive que amadurecer bastante pra entender a seriedade da vida e hoje eu aplico isso também no meu cotidiano acadêmico, eu busco de todas as formas conteúdos legais e muito bons para que eu possa intensificar ainda mais meu aprendizado. Eu gosto dessa rotina de estar lotado de coisas pra fazer e ter muitos resumos pra escrever. Eu gosto!

Esse foco é graças ao reconhecimento do meu estudo, ciência e profissão. Eu gosto de falar assim da Psicologia, de forma séria e madura. É sobre a minha vida, é sobre a minha forma de conduzir o meu mundo. Eu fui julgado por pessoas que não estão no meu ritmo, mas eu não estou aqui para arrastar ninguém, cada um tem o seu. Amadurecer é entender as responsabilidades que a vida atribuiu à você e desempenhar de forma séria. Eu acredito que com esse foco minha vida corre muito bem, e eu não posso parar com isso, é como eu me sinto bem estudando, é como eu me sinto mais próximo da minha profissão.

Mas acho que o mais importante que eu queria ter ouvido era "se você gosta mesmo, você vai construir com amor", e isso é a maior verdade de todas. Eu tenho um amor tão grande por tudo isso que eu sinceramente não me vejo fazendo outra coisa, é um amor que eu tenho certeza que vai durar pra sempre, e o melhor de tudo ele aumenta toda vez que eu conheço mais uma teoria, mais uma pessoinha que ajudou nessa ciência, mais uma prática, mais uma função desse mundo maravilhoso que é o nosso cérebro. Hoje eu posso dizer que eu sou a pessoa mais feliz do mundo. Eu aprendo com a faculdade, eu me torno um ser humano melhor, eu compartilho minha ciência, eu vivo os meus estudos.

Eu amo tudo isso! ♥


2 comentários:

  1. Oi Adeeh, tudo bem?
    Me identifiquei com o que você escreveu e olha que fiz um curso que muitos olham e acham mamão com açúcar (letras). Mas o que mais me chocou na faculdade foi justamente ter de aprender a estudar como adulto, cuidar das minhas disciplinas e trabalhos praticamente com pouco ou quase nada de apoio dos professores. Não que eles fossem ruim, mas eu não teria os meus professores disponíveis como no ensino fundamental e médio a cada duvida que eu tivesse. Eu fui obrigada a pesquisar e me aprofundar em cada tópico por mim mesma e não podia ficar esperando comandos dos professores. Isso é algo que nos faz amadurecer quase que a força na faculdade, mas ao mesmo tempo é muito bom, pois solidifica nossa independência.
    Depois que concluí a faculdade e isso tem uns bons 9 anos, tenho a certeza de que não existe nessa vida um curso que seja fácil. Todos são desafiadores e causam exatamente isso que você escreveu, mas posso dizer que no fim, depois de tanta dedicação, alguns estresses e muita vontade de jogar tudo pro auto, vale a pena, porque temos a certeza de que conseguimos.
    bjus,
    Ava
    https://apenasava.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa que comentário lindo. Essa questão sobre procurar não foi um problema pra mim, sempre fui muito independente então só precisa digamos que me dizer um título e o resto eu procuro. Mas sim, é uma correria danada, e eu que ainda divido tempo com o meu trabalho, fica pouco tempo mas dá pra estudar e usar o final de semana também, estamos aí pra isso. Adorei teu relato, amei mesmo.

      Quanto ao teu curso ele é lindo, ele é perfeito. Letras? O que seria de qualquer ciência no mundo se a gente não soubesse escrever adequadamente pra falar sobre elas? Teu curso é um sonho, ele é incrível! ♥

      Excluir

© Adeeh Mello Blog - 2020. Todos os direitos reservados. Criado por: Adeilson Mello. Me siga no Instagram @adeehmello.