29/03/2020

Tá tudo bem, e você continua...


Tá tudo bem você dominar a sua vida por completo e achar que tem alguns momentos para se afastar do mundo e se conectar só com você. A todo momento a gente está tão inserido um na vida do outro, mesmo que indiretamente, que a gente acaba por não reparar que temos vontades e desejos próprios. Sabe aquela pessoa que nunca diz não pra alguém, por mais absurdo que seja o que essa pessoa pediu? Eu já fui alguém assim, e não me culpo por isso, na verdade até tomei isso como um desafio à mais na minha vida no qual eu tive que passar para conseguir certa maturidade.

Até conseguir entender que eu tenho vontades e desejos meus, e que sim tem coisas que eu não quero dessa forma e eu não quero desse jeito, foram anos para se formalizar dentro de mim. Acredito que isso está diretamente ligado ao sentido de que para se sentir feliz eu precisava ver os que estão ao meu lado felizes também, até cair na real e perceber que felicidade é algo individual e cada um constrói a sua dentro de si, apenas em si. Tá tudo bem você entender que que tem que ter seu espaço e isso não é egoísmo ou individualismo, é reconhecer que a gente também sente, também sonha e também quer que as coisas sejam produzidas do jeito que queremos e gostamos.

Tá tudo bem deixar alguém no passado. A gente precisa reconhecer quem está do nosso lado para nos fortalecer na nossa caminhada, como também entender quem só atrapalha a nossa evolução. E tá tudo bem se afastar aos poucos de gente assim, é necessário ter total certeza do que você quer e perceber que não tem espaço negativo, obscuro ou que possa te impedir de algo. Tá tudo bem entender também quando é a hora de deixar o outro seguir o próprio caminho, sabendo lidar com a situação de que você não cabe mais na vida dele. É preciso seguir, aceitar e se orientar!

Tá tudo bem as vezes não responder na hora. As redes sociais elas são feitas para aproximar as pessoas, e não para obriga-las à manter contato. Tá tudo bem você visualizar e não responder, não querer esconder a marca de visualizado e mesmo assim não responder, porque não acha necessário. Tá tudo bem você nem querer visualizar, passar a apagar porque não quer manter contato. Tá tudo bem isso do mundo virtual ser na sua vida sim um mundo virtual e não uma parte do seu corpo. Separar as coisas, separar as expectativas diante das redes sociais, é o princípio de tudo! Desconecte-se e viva, a vida só que fora da tela.

Tá tudo bem a gente não ter o mesmo gosto. Afinal gosto é algo que não se discute, cada um tem o seu. O bom de saber disso é que a gente pode ter uma diversidade de opiniões pra poder descobrir, uma diversidade de coisas novas para decifrar. Tá tudo bem a gente entender isso, além do mais imagina se todo mundo tivesse o mesmo gosto, a gente não teria nenhuma chance de se sentir diferente, ou de se destacar. É bom saber que pode ser diferente, e que tem alguém que gosta dessa diferença, é bom saber que podemos gostar de várias coisas, opções, cores, pessoas, comidas... Gosto é infinito, pessoal e acima de tudo vem do coração, então não teria como ser igual, de forma alguma.

Tá tudo bem você fazer as coisas no seu tempo e não no tempo dos outros. Ainda não sabe qual faculdade fazer? Ainda não sabe qual carreira escolher? Ainda não sabe ao certo como inciar a construção da sua vida? Tá tudo bem, as pessoas tem a mania de determinar o tempo em que a gente deve decidir as coisas, e não é nem decisão e sim cumprir com o que elas pensaram ser o tempo "certo" pra você. Tá tudo bem você ainda não ter decidido nada por você e pelo seu futuro. Pensa com calma, decide com calma, e se for o caso experimenta e vai em busca de saber qual a sua vida. Mas se dê o prazer da escolha, de saber dominar seu próprio tempo.

Tá tudo bem você querer sempre ver o lado bom das coisas. Tá tudo bem mesmo, acho que esse é o mais verdadeiro de todos. Aprender que nem sempre as coisas ruins vem para o mal, as vezes ela só quer nos mostrar o quanto a gente pode ser bom um para o outro, o quanto a gente pode despertar o nosso amor e o amor no outro. Eu gosto de pensar que tudo tem um lado bom e um lado de aprendizado, nunca um lado ruim, porque até mesmo o ruim da coisa te torna mais forte e mais experto caso aquilo volte a acontecer. Tá tudo bem em saber que a vida te deixa livre para tuas decisões, mas ao mesmo tempo te mostra como você deve caminhar e qual seria o melhor caminho. A vida as vezes faz o papel de mãe sabe? ♥

Tá tudo bem você pensar que primeiro vem o amor-próprio e depois o amor ao próximo. Eu penso assim que: a gente só pode entregar aquilo que a gente tem. Então como eu vou amar alguém se eu mesmo não sinto esse amor por mim? Como que alguém pode fazer surgir um amor por outro se dentro dela mesma não existe? Tá tudo bem você pensar que o número um é você, e que depois disso sim você é capaz de amar alguém. Além de você saber se amar, o que é essencial hoje em dia, você não cria uma dependência emocional pelo outro, afinal se é pra ser vai ser, e se não for... bola pra frente!

Tá tudo bem você achar que essa não é a hora perfeita pra soltar a mão de alguém. Existem estudos que comprovam que para a gente saber se ama de verdade alguém, é só você saber o quanto você se importa com essa pessoa. Sabendo disso, esse sentimento vai gerar uma sensação de "eu não vou te soltar, porque você vai precisar de mim algum dia e eu estarei aqui". Essa é a forma mais linda de dizer que ama, assim como é necessário a gente deixar alguém de lado para poder caminhar, é necessário também avaliar se nessa situação a distância vai ajudar ou não ambas as partes. Quando se ama alguém de verdade eu acho que deixá-la triste é a ultima coisa que a gente deseja fazer, o sorriso que vem de outro alegra nossa alma como se fosse o nosso!

Tá tudo bem você teimar em ser o que quiser no meio de tanta gente querendo te modelar. Tá tudo bem mesmo e sabe porque? Porque é seu jeito, é a tua essência, é o seu equilíbrio, é o seu momento. Eu gosto de dizer que liberdade é a palavra base para toda e qualquer construção do nosso futuro. Ninguém é obrigado a viver os seus sonhos contigo, mas se faz sentido pra você tá perfeito, tá incrível, tá um máximo. Corre atrás e te faz feliz, faça valer a pena cada passo que você der. Mas seja você mesmo, sem ter medo algum.

Tá tudo bem, e você continua... A vida tem que continuar na verdade, existem vários aspectos nela na qual a gente tem que tomar conta de tudo, porque sim é nosso. Como falei lá no começo a gente está inserido na vida de outros sempre a todo momento, o que não significa que cada um não possa ter o seu espaço, podemos sim e temos que ter. Cada um entra como uma ferramentazinha para que o todo funcione, mas não é pra um interferir no trabalho do outro. A gente pode levar em consideração opiniões, toques e orientações sim, mas tem horas que é necessário você decidir por si mesmo sem influência alguma. Tá tudo bem você saber a hora de ter o controle de tudo, tá tudo bem porque a vida é sua e as decisões também.

Foto por: reprodução Tumblr.


Nenhum comentário:

© Adeeh Mello Blog - 2020. Todos os direitos reservados. Criado por: Adeilson Mello. Me siga no Instagram @adeehmello.