08/01/2020

Sobre pessoas intensas


Eu costumo dizer que a palavra intensidade cabe perfeitamente em mim. As vezes até penso meio que de uma forma egocêntrica que ela foi feita exatamente pra mim, hehe. A forma mais fácil de você definir a palavra intensidade é você dizer que é tudo aquilo que ultrapassa o grau e as medidas de normalidade habitual. É tudo aquilo que é demasiado, é tudo aquilo que é bruto, com vigor... Eu me defino dessa forma, na verdade exatamente dessa forma. Comigo sempre é no 8 ou 80, e sei até que não tem mal nenhum nisso, na verdade até penso que pessoas rasas devem "meter o louco" mesmo e ter um pouquinho de intensidade naquilo que elas vivem e naquilo que elas são.

Esses dias eu estava lendo um texto no Instagram - @adeehmello - e o texto falava sobre umas características do signo de câncer, e claro como sendo um canceriano nítido, em apenas uma frase eu me identifiquei totalmente com tudo aquilo. O texto apresentou algo que me fez pensar em tudo o que eu sou e o que eu sinto durante os meus dias, ele falava exatamente sobre intensidade.
"Não tem quem olhe nos seus olhos e não consiga enxergar a intensidade e também não tem quem olhe nos seus olhos e não consiga ver um pingo de emoção. Seu olhar não só transparece, como fala tudo, aquele que te conhece bem não te pergunta nada... apenas olha nos seus olhos. Te vejo daqui transbordando amor por muitas coisas que as vezes não valem a pena, é que você gosta de insistir né? Tudo bem." - Autor do texto: @felipedocha
O trecho logo acima fala à respeito das características de um canceriano, eu me identifiquei bastante, mas sei que não é apenas se tratando deste signo. Existem várias pessoas intensas, de outros signos por aí. O legal é justamente você poder entender o que está escrito e captar a mensagem e poder observar você mesmo e saber que aquilo está falando de você. Cada palavra acima tem um pedaço de mim, o que me assusta diretamente é associar isso à coisas que aconteceram e acontecem comigo e que rigorosamente o barulho que as emoções fazem comigo é bem perturbador.

Eu vou do amor ao ódio em pouquíssimo tempo. Na verdade eu até me impressiono com isso, eu não sei bem como controlar, e até acho que não devo, mas a capacidade de mudar de um sentimento ao outro por exemplo, por uma mesma pessoa, é surreal. Mas não é difícil de ver que eu não consigo amar alguém, como também a intensidade que eu amo. Quando eu amo, seja amigo, família, etc... eu costumo deixar isso muito claro de diversas formas possíveis, eu gosto de estar perto, eu gosto de abraçar, eu gosto de dizer que amo. Por isso até eu costumo dizer que eu acho as palavras "eu te amo' algo forte demais, e que não é pra ser dito à qualquer pessoa. Eu sou o tipo de pessoa que passa o dia com você e agradece não só pela companhia naquele dia como também por você existir.


Como eu disse anteriormente, não é difícil identificar quando eu não gosto de algo, quando eu odeio. Eu sou aquela pessoa que não sabe disfarçar a cara feia sabe? E em alguns casos ou eu sou muito frio e grosso, ou eu posso até ser irônico, mas esconder que eu não estou gostando de alguém ou da situação isso eu não consigo. Amor e ódio andam lado a lado comigo, são todos na mesma intensidade, a única diferença é o que acontece para que eu internalize o fato e atribua um dos dois às pessoas que eu convivo, e eu esqueci de dizer uma coisa: canceriano guarda muito ressentimento.

Sabe porque eu não acho que ser intenso é demais? Que é alguém que passa dos limites? Porque essa intensidade muitas vezes é o que nos salva e ajuda muita gente. Estou falando das intuições, quem tem seus sentimentos a flor da pele sabe do que eu estou falando. Pessoas assim tem uma forte intuição seja boa ou ruim sobre cada situação, então nessas horas escutar à si mesmo é essencial para não sair prejudicado fisicamente, e o pior, emocionalmente. No que diz respeito a ajudar, através dessa intuição a gente consegue também entender a situação de quem está ao nosso lado e não só conseguir dar um conselho, como quem sabe retirar esta pessoa daquela circunstância. Ser intenso tem seu lado bom, aliás, eu sou suspeito e teimo dizendo que ainda não vi lado ruim.


Ser intenso é você sempre esperar que tudo vai ser uma bomba, mas na verdade quem sente tudo isso é apenas você. O que eu posso descrever pra vocês é que eu não sei como ser tranquilo no que diz respeito aos meus sentimentos. E eu repito: não há mal nenhum nisso. Quando o texto fala que podemos observar essa intensidade através dos olhos, ele não mente. Pessoas intensas não conseguem esconder sua intensidade, então quem dirá o sentimento que essa intensidade toda causou. Eu gosto de ser assim, eu gosto de ser intenso. É a minha essência e é o que eu sou. Ser intenso é você entender que a sua alegria vai transbordar sem que você controle absolutamente nada. Ser intenso é você tomar tanto cuidado e mesmo assim quando se magoar não vai ser apenas uma mágoa, a sensação vai ser a mesma de quando a gente perde quem ama.

Ser intenso é você ser o demais no meio de tanta gente de menos. É você saber que muita gente vai fugir e vai se assustar. É você sempre pensar que vai receber com a mesma proporção em que você se lança. É você sentir na pele o que todo mundo sente só que de uma maneira bem mais forte. Ser intenso é estar sempre no muito, é estar sempre no grande. Mas a dúvida é: algum dia a gente consegue encontrar alguém que ame esse infinito, será que consegue? ♥

Instagram ♥ Facebook ♥ Pinterest ♥ We heart it ♥ Twitter

4 comentários:

  1. Minha lua é em câncer e sei bem como é isso. Sou muito intensa internamente, mas por fora meu sol em libra tenta equilibrar, o que gera uma grande guerra interna sempre ahauhua
    Eu acho bom ser intenso, a vida tem mais graça, é pra ser vivida, pois só há essa. Qual a graça de passar pela vida sendo morna?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que eu digo que ser intenso é um barato! Sou de câncer com ascendente em leão, então acho que to mais equilibrado, hehehehe! ♥

      Excluir
  2. Eu sempre fui chamada de 'muito intensa' e quando mudei pra Finlândia, começaram a me entitular como 'muitas personalidade', acredita?
    Vejo isso como uma faixada desenhada da alma.
    A Bela, não a Fera | A Bela, não a Fera no Youtube


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas personalidades? Só por conta de sua intensidade? Nossa nunca que eu iria imaginar uma coisa assim, conta mais, como foi isso! ♥

      Excluir

© Adeeh Mello Blog - 2020. Todos os direitos reservados. Criado por: Adeilson Mello. Me siga no Instagram @adeehmello.