30/12/2019

Nunca viva à espera de uma resposta alheia


Criar e criar expectativas. Isso é tão normal do ser humano como por exemplo: beber água durante o dia. Na real, isso passa dos limites às vezes, então é aí que entram os pensamentos de como a gente pode dosar essas ideias? A gente vive criando expectativas sobre tudo, isso por um lado é bom, pois assim em alguns casos a gente pode estar sempre preparado para qualquer evento, já por outro lado... Criar expectativas demais, principalmente estando cego em algum assunto que não tem nenhum futuro - ou alguém - pode ser doloroso demais. A frustração e a decepção podem ser geradas rapidamente, e ninguém quer passar por uma dessa não é mesmo?

As expectativas também geram uma sensação de "total controle sobre a situação". O que na maioria das vezes é só uma sensação mesmo. A gente pensa tanto que tudo pode ser do nosso jeito e da nossa forma, que esquecemos que as outras pessoas não pensam como a gente deseja, não agem e acordo com nossas vontades, e não fazem do jeito que a gente manda. Aliás, ninguém manda em ninguém pra falar a verdade, somos todos livres e isso pra muita gente é motivo pra ficar chateado, isso mesmo, aquele tipo de pessoa que não consegue amar sem dominar.

A gente precisa entender que estamos cercados por uma imensa relação humana. Então não tem como alguém estar  no controle de tudo, sempre estará alguém com toda a situação observada e que pode escorregar nesse quesito, como alguém totalmente desinformada e que pode surpreender com sua organização. As nossas relações precisam ser equilibradas, e é através delas que a gente consegue viver de uma forma mais tranquila, tranquilidade essa que nos une, mesmo sabendo das nossas diferenças, mas estamos unidos. As expectativas que geram esse sentido de "dominação" atrapalham essa união e consequentemente a estabilidade no que diz respeito às nossas relações.

Hoje eu me peguei criando expectativas referente a uma situação. Eu não sei se pra quem está de fora isso transparece, mas eu tenho minhas "paranoias" e que algumas vezes isso me atrapalha um pouco - a terapia pode ajudar nisso - me causa ansiedade. Hoje eu fui tentando criar respostas sobre um determinado assunto, um alguém, que nem sequer a atenção dessa pessoa eu tenho. Então meio que eu fui criando umas reações a essas respostas, coisas que eu poderia dizer caso a pessoa em questão algum dia voltasse a falar comigo. Mas será que vale a pena toda essa preparação? Porque que ao invés de deixar a vida correr naturalmente eu optei por exagerar a mente até um nível futuro que eu não faço a mínima ideia se vai acontecer ou não?


Claramente naquele momento eu estava refém de uma pessoa, mais precisamente de respostas que não dependem de mim, ou seja, eu estava refém de decisões que não seria eu a pessoa à tomá-las, eu seria apenas o indivíduo que ensaiou em casa suas reações e respostas à espera da iniciativa de outro. Em nenhum instante eu questionei à mim mesmo sobre que tipo e tamanho de importância tem as decisões dos outros a ponto de eu ter que me preparar para recebe-las. Isso seria um completo egoísmo com a minha liberdade mental. Eu estava me moldando diante de uma situação que ainda não aconteceu para que eu esteja preparado caso ela realmente aconteça.

Nunca viva à espera de uma resposta alheia. Afinal você não sabe se aquilo vai ser do seu agrado, ou só vai te trazer mais decepção. A gente precisa identificar qual o espaço do outro para se tomar decisões, e qual é o nosso espaço, assim você garante que você tenha sua vez de falar e que outras pessoas não tome o rumo das suas respostas. O fato é: não precisamos nos preparar mentalmente para nenhuma resposta alheia, nada que te traga noites sem dormir, ansiedade e frustrações merece um nível hard de preocupação assim sobre você!


Não viva refém de um sim ou não alheio, o sim ou não deve partir primeiro de você. O controle do que se pode esperar ou não deve ser seu, garantindo a sua liberdade mental independente de qualquer que seja a decisão do outro. Sem expectativas, sem decepção. Entenderam como tudo chegou aqui? A nossa mente cria expectativas em volta de uma situação que mexe com nossos sentimentos, isso nos deixa uma leve sensação de "controle total" da situação, um controle falso, onde a gente precisa elaborar reações e contraposições sobre um determinado assunto que nos causa desconforto, ao tentar imaginar uma série de respostas que podem ser que nem aconteçam.

Isso se remete a qualquer tipo de relação. Precisamos estar presentes em relações cuja nossa liberdade esteja sempre em foco, onde a gente não precise dizer que é nossa hora de falar pra poder realmente falar. Onde a gente não precise elaborar as respostas dos outros para estar preparado para o que pode vir a acontecer. A gente precisa de relações onde a nossa respiração possa ser natural e não controlada. Não podemos deixar que alguém obtenha o poder de controlar nossas reações e pensamentos. Hoje eu aprendi a me questionar sobre o quanto eu devo me preparar em relação ao que as pessoas podem me dizer, e olha só, descobri que não preciso me preparar em nada, afinal nunca saberemos o dia de amanhã e tão pouco rejeitar a minha paz às custas dos outros. Preserve a sua saúde mental a todo custo, primeiro de tudo, a sua paz interior! ♥

Instagram ♥ Facebook ♥ Pinterest ♥ We heart it ♥ Twitter

8 comentários:

  1. Quando esperamos a resposta dos outros, vivemos um ideal de personalidade, e não quem realmente somos. Belo texto, Adeeh!

    www.blogdodeivy.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sair de sua própria personalidade, outro ponto de bastante angústia. Que bom que gostou! ♥

      Excluir
  2. A pergunta é: como não criar expectativas?
    De modo bem real mesmo, sem isso de terapia e tals. É quase impossível.
    O ser humano cria expectativas, por mais que tentamos ser realistas no fundo nossa mente sempre vai querer e desejar que as coisas aconteçam de tal maneira, acho que é até normal.
    O negócio e ter um equilíbrio pra desejar que algo aconteça e estar com os pés no chão pra não se frustar caso não aconteça nada. Enfim hahahaha, altos assuntos complexos aqui.
    Feliz Ano Novo, que 2020 seja incrível para todos nós! ♥

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente pode não criar expectativas, mas o pensamento positivo pode substituir muito bem nessas situações, ou se você for alguém bem equilibrado e souber como criar suas expectativas sem sair da realidade de tudo poder dar certo ou não. Feliz 2020 pra ti também, pra todos nós! ♥

      Excluir
  3. É inevitável não criar expectativas, mas não podemos deixar isso se tornar algo negativo e que prejudique o nosso desenvolvimento pessoal! Acredito que o segredo é tentar ir com calma em todas as questões, ser sincero consigo mesmo e buscar o lado racional. Não temos certeza de nada :) Adorei o seu texto!

    http://primaveraagridoce.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, pé no chão sempre! Aquilo que não te tira do chão, também não te tira da razão. Lado racional sempre, devemos deixar de lado o emocional? Não, pois é isso que nos torna humanos, mas podemos ter sim um lado emocional com consciência! Isso podemos! ♥

      Excluir
  4. De fato não há como controlar nada e ninguém. É um sentimento falso. O controle é enganoso e acaba controlando aquele busca por ele.

    Sábias palavras!

    www.lolahurricane.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente a gente fica refém daquilo que a gente tanto deseja! ♥

      Excluir

© Adeeh Mello Blog - 2020. Todos os direitos reservados. Criado por: Adeilson Mello. Me siga no Instagram @adeehmello.